CJE-Aracaju

CJE promove almoço de idéias

A presença de entidades parceiras do Conselho de Jovens Empreendedores de Aracaju, bem como de lideranças políticas e empresariais tornou interativo e produtivo o almoço de idéias promovido pelo CJE Aracaju, que contou com o apoio do MCS e da Acese, no último dia 06, no Hotel Delmar.

 

“Desde o início da nossa gestão nós temos procurado estreitar as relações com entidades, empresas e lideranças que tenham objetivos em comum conosco”, afirma Fernando Cunha, Presidente do CJE Aracaju. No evento, foram registradas as presenças de representantes da Confederação Nacional dos Jovens Empresários, da Câmara de Vereadores de Aracaju, da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe, da Endeavor, do Movimento Competitivo Sergipe, do Condomínio Digital, do Sebrae, do Fórum Empresarial, do Sergipe Parque Tecnológico, da Junior Achievement, da Casa Santa Zita, do Instituto Luciano Barreto Junior e de três Empresas Juniores da UFS.

 

A primeira palavra foi do Presidente da Conaje, Pedro Fiuza, que fez uso dela para apresentar o movimento e abordar projetos que serão desenvolvidos ao longo deste ano. O apoio total e irrestrito às ações do CJE Aracaju foram a prova de que o movimento pelo empreendedorismo entre os jovens em Sergipe atua em consonância com a Confederação Nacional. A Endeavor, na pessoa de Ludmilla Figueiredo, explanou a respeito da Semana Global do Empreendedorismo. “São ações pelo empreendedorismo que acontecem em todo o mundo. No Brasil, estamos tentando superar metas este ano. Para isso, o apoio dos coordenadores locais é de extrema importância”, declara, sinalizando a intenção de que o CJE Aracaju coordene o movimento em Sergipe. O Presidente do CJE Aracaju, Fernando Cunha, apresentou o Plano de Ações do CJE Aracaju aos presentes, ressaltando a necessidade de apoio para a realização de projetos e a intenção de fazer de 2008 um ano atípico para o movimento em Sergipe, em termos de produtividade e expressão em nível nacional.

 

“Eu considero este evento um divisor de águas na nossa gestão. Até então, procuramos tecer parcerias que pudessem viabilizar os projetos que iremos desenvolver. A presença dos parceiros que convidamos para este almoço nos deu a certeza da confiança que depositam no nosso trabalho”, declara Fernando Cunha.



Comente via Facebook