Almoço c/ Empresários

Medidas de estímulo para o comércio são apresentadas no Almoço com Empresários

A última edição do Almoço com Empresários de 2011, realizada nesta sexta-feira, 25, marcou pela participação dos associados em um debate aberto com o Secretário de Estado da Fazenda, João Andrade, que abordou temas relacionados às medidas anunciadas pelo governo na semana passada, para estimular o crescimento do comércio nesse período de final de ano. Regularização fiscal, Nota da Gente e o novo Subteto do Simples estadual foram abordados pelo Secretário. Este último, atendendo a reivindicação dos empresários, tendo passado de R$ 1,2 para R$ 1,8 milhão.


Segundo o secretário, com este novo teto de faturamento em torno de 1,7 mil empresas poderão optar pelo Simples Nacional, elevando para 17,4 mil o número de empresas enquadradas no sistema. Tais empresas representando 64% do total das que contribuem com ICMS em Sergipe, de um universo de 27,1 mil empresas.


“Essas empresas, ao optarem pelo Simples, passarão para um regime mais simplificado de tributação e ainda terão uma sensível redução em sua carga tributária”, informa, acrescentando que as empresas atualmente enquadradas no Simples, obterão também, uma redução na carga tributária, em consequência da redução das alíquotas de contribuição, pela correção dos valores das faixas da tabela.


Na oportunidade, João Andrade também abordou sobre a Rede de Fornecedores Qualificados do Setor Público e do parcelamento do ICMS normal de janeiro, do mutirão fiscal e do programa “Nota da Gente”. Sendo esta, uma medida que motivam o aumento das vendas, já que serão sorteados prêmios totais de R$ 250 mil, quatro vezes ao ano. A medida também amplia a possibilidade de fiscalização e de combate à sonegação de impostos.
 

Contemplando ainda as medidas de estímulo, o Superintendente do Banese Saumínio Nascimento também falou para os empresários das ações adotadas pelo Banco do Estado e pelo Banese Card. Medidas estas, que incluem a liberação de R$ 100 milhões em crédito para capital de giro, antecipação de recebíveis e pagamento do ICMS.
 

O anúncio das medidas de estímulo ao comércio local, tais como, o reajuste do Subteto do Simples, detalhado no almoço, são conquistas dos empresários sergipanos.
 

O presidente da ACESE Alexandre Porto, principal defensor da ampliação, faz um balanço positivo das conquistas alcançadas ao longo do ano. “Ressalto a sensibilidade do governo do Estado em atender os anseios dos empresários. Nesta última edição do Almoço pudemos detalhar para os nossos associados as vitórias conquistadas através do secretário João Andrade que foi um elo entre a classe e o Governo Marcelo Deda nas discussões em relação às necessidades do comércio”, declara.
   

 



Comente via Facebook