Notícias

Presidente da Acese fala sobre revitalização da entidade na Jovem Pan

 

Na manhã desta sexta-feira (18), o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese), Marco Aurélio Pinheiro – juntamente com o diretor do programa Aracaju Inteligente, Humana e Criativa da SEMICT, Ricardo Mascarello – concedeu entrevista aos jornalistas Rosalvo Nogueira e Paulo Sousa, do Jornal da Manhã, da emissora Jovem Pan, para falar sobre o projeto de revitalização da entidade como pontapé inicial para a revitalização do centro comercial de Aracaju.

O projeto da Acese contempla a ocupação inteligente do prédio histórico e pretende servir de apoio ao poder público, comentou Marco Aurélio Pinheiro. “Nós começamos o início do nosso mandato desenvolvendo o projeto da Acese Sustentável. Durante conversa com o professor Jorge Carvalho, que está editando os livros da história da Acese, surgiu a ideia de ampliar esse projeto e servir de norte para que os poderes públicos (municipal e estadual) possam desenvolver um projeto de revitalização para o centro comercial”.

Para que isto ocorra, Pinheiro sugeriu que exista um fomento ao debate com o empresariado como também políticas de incentivo público. A Acese pretende, inclusive, fazer um seminário para discutir essa temática, trazendo Gilberto Kassab, cuja administração promoveu a revitalização do centro de São Paulo. “A Acese é uma entidade centenária e tem a obrigação de pensar Aracaju, pensar Sergipe e contribuir para as melhorias necessárias. Fomentar o debate e mostrar para o empresário que é importante recuperar a fachada da sua loja, fazer investimentos e também mostrar ao poder público que políticas de incentivo são necessárias, não cabe mais ao empresário investir sozinho”, ressaltou.

Na opinião de Pinheiro, um dos pontos fundamentais para o empresariado do centro comercial é a revisão do IPTU. “O IPTU do centro comercial é o mais caro do estado, é mais caro do que o do bairro Jardins. Por ser um bairro dos mais antigos, esse valor constantemente é majorado. É o próprio valor venal do imóvel. Isso precisa ser revisto. O prefeito de Aracaju, em conversas informais, me parece sensível a essa causa”.

Durante a entrevista, o presidente da Acese discorreu também sobre a importância de se pensar em habitação no centro da cidade e em conter o esvaziamento o bairro, que tem ocorrido com a desativação de prédios como o do INSS. “Acho que é importante verificar as áreas disponíveis para a construção de habitação. É uma área que já possui toda uma infraestrutura de saneamento básico, iluminação, pavimentação. É preciso incentivar as construtoras também. O que vemos hoje é um esvaziamento do centro, cada prédio que fecha as portas, como o INSS, vai esvaziando também o centro comercial”, expôs.

Mobilidade

Um dos pontos abordados tanto pelo presidente da Acese como pelo representante da Semict foi a questão da mobilidade do centro comercial, através da criação de estacionamentos rotativos , ampliação de calçadas e criação de um novo calçadão.

Ricardo Mascarello explanou que embora a prefeitura de Aracaju não tenha no momento nenhum projeto específico para atender ao centro da cidade, a Semict tem pensado estratégias através do Programa Aracaju Inteligente, Humana e Criativa para melhorar a vida da população. “O Programa é um desafio, usar os meios disponíveis para agilizar os serviços da cidade, da estrutura urbana para fazer a cidade funcionar. Visitamos a Acese essa semana, conversamos com o Maurício [ Vasconcelos, um dos vice-presidentes da entidade] e falamos sobre o projeto de revitalização, que é muito interessante. Trazer sustentabilidade, fomentar serviços para um prédio histórico é muito importante.  Falamos também sobre a maratona tecnológica que realizaremos em agosto e que terá como um de seus eixos a fomentação do centro da cidade, do comércio, serviços e empreendedorismo ”.

Prêmio Acese de Jornalismo

Ainda durante a participação no programa, o presidente da Acese anunciou, em primeira mão, a visita que o Ministro da Cultura fará à sede da entidade, na tarde do dia 25 de maio, e a criação do Prêmio Acese de Jornalismo. “Vamos anunciar durante as comemorações do aniversário de 146 anos da Acese. Vamos lançar o prêmio para 2019, valorizando o bom jornalismo e  os bons profissionais do estado”, finalizou.

 

Publicado em 18/05/2018



Comente via Facebook