Notícias

Lei que possibilita crédito com juros mais baixos a microempresas estimulará otimismo na economia, afirma presidente da ACESE

A sanção da lei que cria a Empresa Simples de Crédito (ESC) na última quarta-feira, 24, pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, foi comemorada pelo presidente da Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (ACESE), Marco Pinheiro. Entre as conquistas estabelecidas, as Empresas Simples de Crédito poderão conceder crédito mais barato a micro e pequenas empresas. 

 

Para Pinheiro, ao permitir a criação de pequenas empresas para conceder empréstimos e financiamentos com recursos próprios, se abre um estímulo para o aumento do investimento em negócios, especialmente para microempreendedores individuais (MEIs), microempresas e empresas de pequeno porte. 

 

“Sabemos que muitas empresas buscam escapar de juros mais altos presentes em bancos, por exemplo. Com esse projeto, se abre a possibilidade de se conseguir, de maneira legal, juros mais baixos que podem estimular negócios, principalmente os menores, a crescer, a ter investimentos, além de garantir a melhoria significativa da competição para baixar os juros para o crédito”, explicou Marco Pinheiro, que acredita que, apesar dos grandes bancos serem contrários à medida, “o presidente Bolsonaro e a equipe econômica liderada por Paulo Guedes, acertaram no caminho para estimular o setor”.

 

“O Brasil precisa de ações que estimulem o crescimento dos pequenos e médios negócios para que eles continuem gerando emprego e renda. Essa lei é apenas uma ação que vejo de maneira extremamente positiva para que o mercado passe a pulsar e se movimentar”, concluiu o presidente.

Da Assessoria de Comunicação

Publicado em 25/04/2019



Comente via Facebook