Notícias

Acese faz doação de móveis para instituições filantrópicas

Dando sequência ao projeto de ocupação inteligente da sua sede, a Associação Comercial e Empresarial de Sergipe (Acese) realizou a doação de móveis para três instituições filantrópicas: Centro de Integração Raio de Sol (Ciras), Instituto Pedagógico de Apoio ao Surdo de Sergipe (Ipaese) e Casa Maternal Amélia Leite.

Foram entregues cadeiras, birôs e fichários que estavam sem utilização na Acese. Marco Pinheiro, presidente da associação, explica que essa foi uma oportunidade de unir interesses, além de ajudar as instituições. “Tínhamos esse mobiliário à disposição, sem uso neste momento. Logo, resolvemos destinar para aqueles que mais necessitavam”, conta.

“A Acese tem também uma preocupação com o lado social. Sabemos da importância do trabalho que essas três entidades promovem em nosso Estado. Por isso, fizemos nossa parte dando essa pequena contribuição. Ficamos felizes por saber que esses móveis farão diferença para muitas pessoas”, completa Marco Pinheiro.

O Ipaese mantém uma escola bilíngue para surdos, atendendo atualmente 68 alunos – alguns deles com mais de uma necessidade especial. Adriana Federle, coordenadora administrativa e financeira do Instituto, afirma que essa doação irá ajudar no atendimento aos estudantes. “Certamente nos dará um suporte melhor”, assegura.

Idélia Barreto, secretária da Casa Maternal Amélia Leite, instituição que mantêm a Escola Marilda Leite, que atende 75 crianças de três a cinco anos em período integral, também ressalta a relevância da doação feita pela Acese. “Será importante, pois, é a oportunidade que teremos para substituir o mobiliário que já não serve mais e que precisam de uma troca. Hoje não temos condições de comprar”, garante.

Caroline Carvalho, Diretora do Ciras, comemorou a entrega do mobiliário. “Recebemos com muita alegria”, descreve. A instituição atende cerca de 400 pessoas ofertando serviços de atendimento médico, terapia, reabilitação, educação especial e, diante da pandemia de coronavírus, com a distribuição de alimentos. 

O Centro recebe apenas recursos de convênios para a aquisição de materiais de consumo. Daí a importância dessa doação de mobiliário. “Mas não temos nenhum recurso que ajude com material permanente, como móveis. Então a gente depende 100% de doações para manter nossa estrutura com o mobiliário necessário”, explica Caroline.

Publicado em 09/04/2021



Comente via Facebook