Notícias

Acese solicita ao Governo reabertura do comércio aos sábados

Marco Pinheiro: "a abertura entre as segundas e sextas-feiras não resultou no aumento de infectados"

Maurício Vasconcelos: "sábado tem uma venda efetiva melhor"

A Associação Comercial e Empresarial de Sergipe – Acese – protocolou nesta sexta-feira, dia 4, um ofício ao Governo do Estado solicitando a reabertura do comércio aos sábados em Sergipe. A instituição entende que já existem condições para o funcionamento normal do setor comercial, sem que isso resulte no aumento de casos de coronavírus.
 
Desde o último dia 4 de março que o Governo, através da Resolução nº 11/2021, adotou medidas mais duras de combate à pandemia. Passados mais de 90 dias, vários setores tiveram a permissão de abrir aos finais de semana. No entanto, o comércio só pode funcionar de segunda a sexta-feira. Isso tem trazido dificuldades para muitos lojistas.
 
Marco Pinheiro, presidente da Acese, defende que já existem condições de liberar a reabertura aos sábados. “O comércio tem tomado todos os cuidados desde o início, fazendo o controle das pessoas, mantendo o distanciamento e fornecendo produtos sanitizantes”, garante. Ele assegura que, em seu entender, a medida não representará um aumento nos casos de covid. 
 
“É fato que a restrição, instituída há mais de 90 dias, buscou, em um primeiro momento, barrar o avanço da pandemia. Contudo, verifica-se que a abertura entre as segundas e sextas-feiras não resultou no aumento de infectados. Logo, avalia-se que não há malefícios diante da liberação do funcionamento também aos sábados”, analisou Pinheiro.
 
Maurício Vasconcelos, vice-presidente da Acese, lembra que o sábado representa um dia importante de faturamento. “Apesar de ser um dia de expediente mais curto, ele geralmente representa um movimento maior em relação aos outros dias. Se formos comparar, tem uma venda efetiva melhor. Então, para nós, está fazendo muita falta”, lamentou.

Publicado em 04/06/2021



Comente via Facebook